• mfermoreira

Você sabe o que é o Comer Intuitivo?

Muito difundido nos Estados Unidos, o Comer Intuitivo é um conceito criado pelas nutricionistas Evelyn Tribole e Elyse Resch, que tornou-se uma abordagem comportamental amplamente utilizada em consultório. A eficácia do método é cientificamente comprovada por diversos estudos.

Através de ensinamentos e exercícios que estimulam a reflexão sobre a relação do indivíduo com a comida, ocorre a mudança gradual de comportamento alimentar. É um método que desconsidera a prática de dietas e busca desenvolver a habilidade de diferenciar as sensações físicas e emocionais e a sabedoria corporal. Achou complicado? Mas não é! Em resumo podemos dizer que é um método que trabalha a reconexão entre o corpo, a mente e a comida e assim podemos nos tornar comedores intuitivos.

É muito comum as pessoas comerem determinados alimentos e quantidade de comida, porque é o que a "sua dieta determina". Mesmo que tenham mais ou menos fome, isto é, desconsiderando seus sinais fisiológicos de fome e saciedade. No Comer Intuitivo é necessário escutar e sentir os sinais do corpo, para atender as suas reais necessidades.

O método baseia-se em três pilares:

1) Permissão incondicional para comer: Propõe que não existe alimento proibido e permitido, você pode comer o alimento que quiser e quando quiser;

2)Comer para atender as suas necessidades fisiológicas: Sem utilizar os alimentos como estratégia de alívio para emoções intensas;

3)Apoiar-se nos sinais de fome e saciedade para determinar o que, quanto e quando comer: Conectar-se com seu corpo, ao invés de seguir as "regras externas".

O grande desafio do método é alcançar a sintonia entre os sistemas internos (pensamentos, emoções e necessidades fisiológicas) e externos (família, comunidade e cultura). Segundo as autoras, o equilíbrio só ocorre quando o indivíduo incorpora práticas que promovem a saúde do seu autêntico "eu".

Para se promover a mudança, primeiro é identificado o estilo disfuncional do comedor, de acordo com as suas características específicas, que serão trabalhadas para levar o indivíduo a se tornar um comedor intuitivo. São eles: o comedor cuidadoso, o profissional da dieta e o comedor inconsciente.

O nutricionista facilitador do método, através de 10 princípios fundamentais, irá capacitar e desenvolver as habilidades do paciente:

1) Rejeitar a mentalidade de dieta;

2)Honrar a fome;

3)Fazer as pazes com a comida;

4)Desafiar o policial alimentar;

5)Sentir saciedade;

6)Descobrir o fator satisfação;

7)Lidar com as emoções sem usar a comida;

8)Respeitar o seu corpo;

9)Exercitar-se sentindo a diferença;

10)Honrar a saúde - praticar uma "nutrição gentil".

Os benefícios dessa abordagem são os mais variados possíveis como: a melhora da relação com a comida, redução da compulsão alimentar, melhora na aceitação da imagem corporal, redução da ansiedade relacionada à comida, melhora no colesterol e triglicerídeos. Pode-se dizer que grande parte, se relaciona com o fato do método cessar o efeito sanfona, tão nocivo para a saúde física e mental de todos nós.


Fonte:


Tribole E. Intuitive eating in the treatment of eating disorders - The journey of attunement. Perspectives Renfrew Center Foundation; 2010.


Tribole E., Resch E. Intuitive eating - A revolutionary program that works. New York: St. Martin's Griffin; 2012.


Alvarenga M.; Antonaccio, C.; Figueiredo, M.; Timerman, F. Nutrição Comportamental. Brasil. Manole. 2015. 576 p


Posts recentes

Ver tudo

©2019 por Nutricionista Mª Fernanda Moreira. Orgulhosamente criado com Wix.com